Começa a etapa estadual dos Jesc 12-14 anos
22 de junho de 2012
Ministério da Saúde lança cartilha de atividades físicas para portadores de HIV
28 de junho de 2012

Novos diretores da Fesporte são oficialmente empossados

Tomaram posse oficialmente na tarde desta terça-feira (26) os novos diretores administrativo e de esportes da Fesporte, respectivamente Plínio Bueno Neto e João Batista Cascaes (CREF 001221-G/SC). A cerimônia foi realizada no auditório da Fesporte e, além do presidente da entidade, Adalir Pecos Borsatti, e dos funcionários, também foi prestigiada pelo secretário de Desenvolvimento Regional de Florianópolis, Renato Hinnig.Natural de Joinville e formado em Economia, Plínio Bueno Neto ocupou cargos na prefeitura de Florianópolis e no governo do estado, tendo sido diretor da Casa Civil e mais recentemente diretor de Informação, Organização e Controle da Secretaria de Estado da Educação, presidente do Ciasc e consultor da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte. “O Plínio tem grande experiência administrativa e vai poder nos ajudar muito”, definiu o presidente da Fesporte, Adalir Pecos Borsatti. “Está sendo muito gratificante trabalhar aqui e este ano, diante do corte de despesas determinado pelo governador Colombo, seremos colocados à prova”, disse Plínio.

Com graduação em Educação Física na UFSC e pós-graduação em Educação Física Adaptada na Universidade Federal de Uberlândia (MG), João Cascaes está há seis anos na Fesporte onde integrava a gerência de Participação e coordenava os Jogos Abertos Paradesportivos de SC (Parajasc) e os Jogos Escolares Paradesportivos de SC (Parajesc). “O João já faz parte da equipe há algum tempo e está inserido no processo. Isso, certamente, vai auxiliar muito a sua gestão”, observou o presidente. “Vou exercer com honra este cargo. Somos uma grande equipe e um grupo qualificado, que hoje faz o melhor esporte do Brasil. Agora vamos ser líder, arregaçar as mangas e trabalhar”, prometeu João Cascaes.

O secretário Renato Hinnig destacou o trabalho que Plínio Bueno e João Cascaes terão pela frente. “Nesse ano de cortes nas despesas será necessário muita criatividade”, ressaltou o secretário. Para ele, a criatividade envolve especialmente a criação de bons projetos, principalmente por estarmos ás vésperas da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil. “É preciso ter boas ideias, bons projetos e buscar parcerias, principalmente com o governo federal”, observou.

Fonte: Fesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *