CREF3/SC participa da abertura da Etapa Regional Sul do Moleque Bom de Bola 2012
17 de outubro de 2012
Musculação traz efeitos similares aos da medicação no controle da pressão arterial
25 de outubro de 2012

FURB aprova primeiro mestrado na área da Saúde

O Conselho Universitário da FURB aprovou na tarde desta quinta-feira (18/10) a criação do primeiro programa de pós-graduação do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da instituição. Com dez vagas iniciais, o Mestrado Profissional em Saúde Coletiva (stricto sensu) deve abrir sua primeira turma em março de 2013 com três linhas de pesquisa multidisciplinares: “Epidemiologia em Serviços de Saúde”, “Promoção à Saúde e Integralidade do Cuidado” e “Educação, Comunidade e Processo de Trabalho na Saúde”.
 
“Este é o resultado de três anos de trabalho envolvendo não apenas o CCS, mas outros cursos da universidade”, afirmou o relator do processo e professor do curso de Odontologia da FURB, João Luiz Gurgel Calvet da Silveira. Com dez docentes da própria Odontologia e também da Medicina, Enfermagem, Serviço Social e Educação Física, o mestrado já foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e terá carga horária de 31 créditos, sendo 21 em disciplinas obrigatórias. Em 2016, uma comissão do CAPES vai analisar a possibilidade de dobrar o número de vagas.
 
Segundo o relato de Gurgel, os cursos do CCS sempre tiveram uma relação intrínseca com a saúde pública, demonstrada em inúmeros projetos como os programas de residência multiprofissional em Saúde da Família e editais do Pró-Saúde e do PET-Saúde. Uma das principais metas do mestrado, segundo ele, é capacitar profissionais para atuar no setor da saúde pública, uma grande demanda em todo o Brasil.
 
Acordos internacionais
O professor David Bilsland, da Coordenadoria de Relações Internacionais da FURB, lembrou na reunião do conselho que, em recente viagem para a Europa, surgiram oportunidades de intercâmbio e parcerias na área da Saúde em quatro instituições suecas e uma alemã. “A aprovação deste mestrado é fundamental para que avancemos nesses projetos, inclusive com a possibilidade de intercâmbio de professores”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *