CREF3/SC fiscaliza estabelecimentos de Joinville e Concordia
13 de dezembro de 2013
CREF3/SC realiza ação conjunta em Florianópolis
6 de janeiro de 2014

CREF3/SC, Procon e Vigilância visitam estabelecimentos da SDR de Maravilha e de Jaraguá do Sul

   Ações do setor de orientação e fiscalização do CREF3/SC foram marcadas na primeira quinzena de dezembro por 42 visitas a estabelecimentos de prática de atividade física e esportiva nas regiões Oeste e Norte de Santa Catarina. No Oeste, jurisdição da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) sediada em Maravilha, a agente Mariana Teixeira (CREF 017090-G/SC), na foto abaixo, atuou em estabelecimentos de Pinhalzinho, Saudades, São José do Cedro e Maravilha. O trabalho aconteceu de 9 a 13 de dezembro.
   As visitas aos 12 estabelecimentos da cidade de Maravilha foram acompanhadas pelo fiscal do Procon da cidade Marcelo Furtado, fiscal do Procon Municipal de Maravilha, e o fiscal da Vigilância Sanitária Valdelir José Lopes. Outros 19 estabelecimentos foram visitados em Jaraguá do Sul, no Norte do Estado Novamente, os deslocamentos aos estabelecimentos feitos pela agente Leandra Teixeira (CREF 010002-G/SC) tiveram a companhia de Sérgio Alves de Andrade, fiscal do Procon/SC. A Nota Técnica Nº 01/2013 (CREF/Procon/SJC) figurou como referencial às orientações dos proprietários dos estabelecimentos.
   Na cidade, também foram identificados estabelecimentos sem o devido registro no CREF3/SC contrariando a LEI Nº 6.839, DE 30 DE OUTUBRO DE 1980, acadêmicos atuando sem possui Termo de Compromisso de Estagio e a ausência da placa de advertência sobre o uso inadequado de anabolizantes no Estado de Santa Catarina, conforme LEI Nº 13.679, DE 10 DE JANEIRO DE 2006. Os responsáveis pelos estabelecimentos receberam prazo de 30 dias para regularizarem situações perante o CREF3/SC.

                                                                                                                                                Por Júlio Castro | Assessoria de Comunicação CREF3/SC 


Mariana Freitas (centro) foi acompanhada de fiscais do Procon e da
Vigilância Sanitária durante o trabalho desenvolvido na região de Maravilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *