CREF3/SC acompanha interdição de estabelecimentos na Grande Florianópolis
4 de dezembro de 2013
CONFEF escolhe Florianópolis para sediar última plenária de 2013
9 de dezembro de 2013

Atletismo domina Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte

  A terceira edição do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte premiou, na noite do dia 5 de dezembro, em Florianópolis, 14 destaques, entre pessoas físicas e jurídicas. A modalidade de atletismo foi a que mais ergueu o cobiçado troféu em 2013: cinco. A cerimônia lotou o Teatro do Centro Integrado de Cultura (CIC) e contou com a presença de Gustavo Kuerten e sua família. “O Estado quer mostrar que incentiva o esporte – e o Troféu Gustavo Kuerten é uma maneira de demonstrar o quão importante o esporte é na formação de valores na nossa sociedade”, afirmou o Secretário de Estado de Turimo, Cultura e Esporte Waldir Walendowsky. “É um privilégio ter meu nome nesse troféu”. O esporte é minha vida e espero que meus filhos tenham esse mesmo entusiasmo”, destacou Guga Kuerten.

Neste ano, a escolha se deu em duas etapas: votação popular, pela Internet, e votação do Conselho Estadual de Esportes e júri técnico. O Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte foi criado por meio do Decreto 1.279 de 16 de abril de 2008 com objetivo de homenagear atletas, entidades, técnicos e equipes catarinenses que tiveram destaque especial ao longo do ano.

Os vencedores do Troféu Gustavo Kuerten 2013:

Melhores atletas: Jucian Rafael Alcântara Pereira (atletismo) e Vanessa Feliciano Ebert (xadrez)
Melhores atletas paradesportivos: Roberto Alcalde Rodrigues (natação) e Sheila Finder (atletismo)
Melhor atleta profissional: Rafael Costa dos Santos (futebol)
Atleta revelação: Bruna Maria Cestrem (atletismo)
Atleta revelação do paradesporto: Pablo Felipe da Silva (basquete)
Melhor entidade esportiva: Iate Clube de Santa Catarina Veleiros da Ilha
Melhor entidade paradesportiva: AFADEFI (Associação de Apoio às Famílias de Deficientes Físicos)
Melhor técnico: Jeberton Luis Fermino (atletismo)
Melhor técnico do paradesporto: Rosicler Ravache (basquete)
Melhor equipe esportiva: Equipe xadrez masculino de menores de Blumenau.
Melhor equipe paradesportiva: Tubarões da Omda (basquete – Florianópolis)
Melhor árbitro: Marcia Zanon Benetti (atletismo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *